Trang chủ / Dinheiro internacional e sua importância

Dinheiro internacional e sua importância

ngày 15/05/2023 | 18:47 GMT + 7

Na sociedade evolucionária de pagamentos, os Estados estão altamente interligados e os pagamentos desempenham um papel de liderança nesta complexa estrutura de relações económicas internacionais. As unidades globais, seja o dólar americano ou o euro, seja a libra esterlina ou o iene japonês, servem não apenas como um elemento de transferência dentro dos seus países, mas também existem como grandes capitais no comércio internacional, no investimento e na regulação monetária. . As moedas determinam o preço dos produtos e serviços no mercado internacional, influenciam as atividades de pagamento dos países e melhoram as relações económicas internacionais. Para postagens mais úteis sobre finanças, acesse nosso portal https://znaki.fm/pt/currencies/ onde muitas publicações em português.

Finanças

Estado (onde é pessoa jurídica)

Celebridade

Libra esterlina £

Grã-Bretanha

Significativo

$ americano

EUA

Significativo

Dólar canadense (CAD)

Canadá

Significativo

Euro

Zona Euro

Significativo

Iene japonês

Japão

Significativo

Franco suíço (CHF)

Suíça

Significativo

Na maioria dos cenários, cada país tem sua própria moeda original com curso legal dentro de suas fronteiras. Isto dá à política uma oportunidade de monitorizar a política monetária nacional, também com a classificação da volatilidade, taxas de juro e taxa comercial. A existência de moeda própria demonstra uma oportunidade para os estados se habituarem a condições monetárias instáveis, implementando uma política monetária independente, o que é essencial para promover a estabilidade económica e o crescimento. Porém, nas condições de globalização e interdependência da economia mundial, as flutuações nos indicadores das unidades nacionais podem ter resultados significativos não só para alguns países, mas também para toda a equipa internacional.

Principais funções de unidades de vários países:

  1. Assunto de controle: A unidade fornece um nível geral de custo de produtos e serviços, o que permite comparar preços e valores de diversas posições.
  2. Método de benefício mútuo: a moeda permite que a sociedade compre e venda produtos e serviços, melhorando assim o comércio entre as diferentes partes.
  3. Instrumento de estratégia monetária: Através do dinheiro, as agências reguladoras oficiais (por exemplo, bancos centrais) podem influenciar as finanças, gerindo a oferta de financiamento, as taxas de juro e o crescimento.
  4. Um instrumento de acumulação: a moeda pode reter valor ao longo do tempo, oferecendo uma oportunidade para a sociedade manter ou acumular capital para uso futuro.
  5. Critério de contribuições diferidas: a moeda é usada como uma forma abrangente de medir e pagar dívidas e obrigações no futuro.

dólar americano

O dólar americano é, sem dúvida, a moeda número um na economia mundial, servindo como a unidade principal das contas globais e do comércio e tornando-se a principal moeda de reserva para os bancos centrais em todo o mundo. Entrado em circulação em 1792, o dólar tornou-se um símbolo de indomabilidade monetária e confiança. O seu domínio é evidenciado pela maior economia do mundo, os EUA, e pela sua utilização em esquemas de pagamentos internacionais, como o comércio global de petróleo e os subsequentes mercados de mercadorias. Devido à sua versatilidade pessoal e grande reconhecimento, o dólar americano continua a ser o método preferido nos esquemas de pagamento globais, facilitando o comércio e o investimento entre países e continentes.

€;

O euro, a unidade nacional da UE, é uma das principais e mais importantes unidades da economia mundial. Introduzido em 1999, inicialmente como uma unidade virtual para pagamentos não monetários e contabilidade, e mais tarde em 2002 sob a forma de notas e moedas, o Euro tomou instantaneamente o seu lugar no mundo. Atualmente, o euro é utilizado em mais de 19 países da zona euro. É difícil sobrestimar o seu papel na economia global: o euro é a unidade de reserva mais importante depois do dólar americano e tem um papel significativo no comércio internacional, nas transações económicas e como ferramenta de avaliação em contratos internacionais. O Euro incentiva a estabilidade económica e a convergência entre os estados parceiros, facilitando o comércio e o investimento num mercado interno comum.

PLN polonês

O zloty polaco é a unidade oficial da Polónia, um país que ocupa um lugar significativo no espaço económico da União Europeia. Desde que a Polónia aderiu à União Europeia, a sua economia tem apresentado uma melhoria e um desenvolvimento constantes, o que se reflecte bem na fiabilidade e na taxa de câmbio do PLN. Apesar de a Polónia não ter aderido à zona euro e manter a sua própria unidade nacional, o zloty está a um nível decente em relação a outras unidades devido à poderosa economia do país. Esta moeda desempenha um papel importante no comércio e no investimento local, demonstrando a confiança e a estabilidade dos pagamentos da Polónia na União Europeia.

O papel da moeda nas viagens

A moeda tem um papel muito necessário na indústria de viagens, pois é um aspecto avançado que garante a conveniência e o preço acessível das férias internacionais. Para os visitantes que atravessam fronteiras, o facto do câmbio de moeda é bastante agudo, pois é importante ter uma unidade local à sua disposição para fazer compras, pagar serviços e até para viver com conforto num grande país. Neste sentido, os pontos de câmbio desempenham um papel importante, permitindo aos viajantes mudar imediata e facilmente a sua moeda nacional para a moeda do país anfitrião.

Em todo o mundo existem pontos de troca prontos para apresentar seus serviços aos veranistas em terminais, áreas de viagens, grandes hotéis e áreas públicas nobres.

Desenvolvimento de revistas e unidades

No momento do desenvolvimento da economia global, as unidades vivenciaram um caminho significativo de transformação, apresentando modificações no comércio, na política e na tecnologia. Algumas unidades tornaram-se globalmente populares e desempenharam um papel fundamental nas transações monetárias globais, tornando-se as ferramentas preferidas de pagamento e reserva. No site informativo https://znaki.fm/pt/, pode aceder a toda a base de dados sobre Portugal. O dólar americano, o euro, a libra esterlina e o iene japonês são exemplos de moedas que atingiram o nível internacional e se tornaram uma parte necessária da rede global de pagamentos. De outro ponto de vista, muitas moedas nacionais continuaram a ser utilizadas em geral dentro dos países pessoais, sem receber grande agitação pelo território das fronteiras estaduais. Isto é justificado por uma série de factores, incluindo o tamanho dos pagamentos do país, a estabilidade da sua moeda, bem como as tácticas governamentais e económicas.